Para todos os garotos que já amei - Jenny Han

Sinopse: Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar. (Skoob)
HAN, Jenny. Para todos os garotos que já amei. Intrínseca, 2015. 320 p.


A Ju e eu começamos a ler este livro juntos, sem combinar, e, por isso, decidimos que seria diferente se fizéssemos uma resenha em conjunto, com o que cada um achou de um determinado assunto dentro da história do livro e sobre os personagens. Espero que gostem! ;)

CARLOS: A primeira coisa que quero dizer, é que todos os personagens me cativaram: Lara Jean, a narradora da história, com a ingenuidade própria da idade e a insegurança pela falta de uma referência materna; Margot, a mais velha, que assume, naturalmente, o lugar da mãe perante as duas irmãs mais novas; Kitty, sempre provocativa, enfezada, carente; Josh, o menino da porta ao lado por quem todas são apaixonadas; e Peter, a surpresa do livro, o garoto que conquista aos poucos, sem deixar notar.
JULIA: É mesmo um pouco difícil não se deixar conquistar pelos personagens. Até aqueles com quem eu tinha certa implicância no começo demonstraram ser merecedores de atenção e alguns acabaram por se tornar meus personagens favoritos. Acho interessante a forma como a autora conseguiu construir cada personalidade, bem nítida e definida, ao mesmo tempo em que algumas nuances podiam passar desapercebidas, sem contradizer todo o resto, e surpreender mais tarde.

CARLOS: Antes de ler o livro, achei que a história iria girar em torno das confusões que as referidas cartas causariam na vida da personagem principal, mas, na verdade, apenas duas tem alguma importância. Entretanto, não fiquei desapontado, pelo contrário, uma vez que o relacionamento da personagem com os dois destinatários é mais explorado, sem pressa.
JULIA: Da mesma forma, pensei que as cartas tomariam um espaço muito maior na trama. Elas, na verdade, foram apenas um clique inicial para algo que iria além delas. As consequências das cartas, principalmente das duas que o Carlos citou, acabaram por ser mais importantes que as cartas em si e o desenrolar da história era tão gostoso que eu nem senti falta delas, para ser sincera.

CARLOS: Uma coisa me irritou bastante: a constante referência à Margot. Ela viajou para a faculdade na Escócia, mas tudo o que Lara Jean fazia, ela descrevia o que Margot pensaria, faria ou diria. Isso é tão constante no livro, até pelo menos metade da história, que chegou a incomodar bastante. Mas exatamente por essa insistência da autora, fiquei na esperança de ser proposital. E, felizmente, realmente era. No fim do livro, é dada a explicação, que é perfeitamente convincente e até emocionante.
JULIA: Reparei também a constante referência à Margot, mas não desconfiei de nada. rsrs Tive a impressão de que Lara Jean se sentiu abandonada quando a irmã foi embora e que de alguma forma a culpava pela escolha, ainda que inconscientemente, muito embora também a admirasse muito. Porém, quando surgiu aquela explicação ao fim do livro, tudo ficou mais conexo e bonito.


CARLOS: A história em si não tem nada de especial, e nem acontece algo que não seja a rotina de jovens nos dias escolares. Isso porque o livro é sobre os personagens, e a autora soube explorar as relações de forma sensível e interessante, prendendo a leitura o tempo todo. O centro da trama é entre Lara Jean, Josh e Peter. Principalmente com Peter. Pela primeira vez, li sobre um personagem estereotipado, o eterno atleta bonitão da escola, que é algo mais do que um convencido e boçal. A autora soube dar personalidade e sentimento a um gênero que é sempre igual. E é interessante acompanhar o sentimento surgir entre Lara Jean e Peter pelas pequenas atitudes de companheirismo e carinho.
JULIA: Concordo inteiramente que não há nada muito especial na história, nenhum elemento que se possa citar como aquele que deu brilho à trama. Só acho que Jenny Han coloca algum tempero especial em suas palavras que nos deixam encantadas pelos acontecimentos mais "bobos". Podem ser os bilhetinhos no armário, ou pequenos gestos de um cavalheiro... não sei. Sei que o importante da obra se faz nos detalhes que nem mesmo nós, leitores, conseguimos enumerar. A diferença do que o Carlos disse para o que eu percebi é que eu acho que a autora tem alguma queda por garotos populares e boçais: em Dente por Dente, livro que Jenny Han escreveu em coautoria com Siobhan Vivian, Reeve tinha alguma semelhança com Peter. Particularmente? Adoro os dois!

CARLOS: Kitty e Margot têm a sua importância: a primeira, pela necessidade de atenção e de ser cuidada; a segunda, por ter sido a cabeça da família ao lado do pai e agora ter se afastado. Lara Jean e Kitty, cada uma à sua maneira, sofrem uma nova perda maternal, já que a mãe havia morrido anos atrás, e foi Margot quem ficou no seu lugar.
JULIA: Kitty e Margot, além do simples fato de serem irmãs de Lara Jean, tiveram um papel fundamental no crescimento da personagem. Desde a morte da mãe, cada uma havia definido quais responsabilidades lhe cabiam, e quando Lara Jean se vê "sozinha", após a partida de Margot, ela precisa sair de sua zona de conforto e redefinir um novo papel para si sem a irmã mais velha. Foi interessante como a autora mostrou as dificuldades de se adequar a essas mudanças, e a maneira como Lara Jean se adaptou de forma gradual.

CARLOS: Eu não sabia que o livro teria continuação, por isso fiquei surpreso no final. As coisas não ficam resolvidas, mas, mesmo assim, ele termina de uma forma que satisfaz, sem deixar o leitor frustrado. Espero que a autora continue o amadurecimento de Lara Jean no próximo livro, sem perder ou desconsiderar o aprendizado que ela teve.
JULIA: Eu sabia da continuação, então isso não foi bem uma surpresa para mim. Concordo que o final foi bonito e, ainda que subentendido, não seria necessária uma continuação. Mas, já que tem uma continuação, fico feliz de poder acompanhar Lara Jean por mais um tempo.

CARLOS: Acho que por último, só falta falar sobre a escrita da autora, que é simples, mas contagiante pela sensibilidade que ela transmite nos diálogos e nas descrições as ações. Espero que a continuação chegue logo ao Brasil, uma vez que ela já até tem título nacional.
JULIA: A continuação chegará logo sim: A Editora Intrínseca anunciou o lançamento para o dia 11 de janeiro!


Carlos H. Barros
Carlos H. Barros

Carlos tem várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamenta o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco -, e não saber desenhar. Autor também do blog Gettub

36 comentários:

  1. Eu peguei esse livro para ler achando que ele seria todo baseado em cartas também, fiquei um pouco decepcionada por elas não serem o foco e achei alguns capítulos repetitivos, pois nada acontecia. Mas no geral gostei muito dele, gostei da relação dos personagens e de ver o amadurecimento de Lara Jean, também achei interessante a personagem ser mestiça, já que é muito dificil ver algum personagem "fora dos padrões", estou louca para ler a continuação e ver como a história vai acabar, torço muito para um final feliz.

    ResponderExcluir
  2. Já tinha lido outros livros da Jenny, e eu amei, e esse também me pegou de jeito e foi muito mais do que esperava, foi uma pena você te se decepcionado com a leitura, felizmente eu amei tudo, desde a escrita, a história e os personagens, e estou louca para sair a continuação do livro.

    ResponderExcluir
  3. Oi Carlos, sempre leio vários elogios desse livro ele parece ser lindo com ceretza vou le-lo obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  4. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha em conjunto fiquei ainda mais curiosa em conferi essa história que parece ser ótima.

    ResponderExcluir
  5. Se eu já estava querendo este livro e apaixonada pela versão em inglês mesmo sem ler, agora com a confirmação do segundo no Brasil, estou ainda mais ansiosa em descobrir os conteudos das castas e seus desenrolares. Não vejo a hora de tê-los em minha prateleira.

    Bjssss

    ResponderExcluir
  6. Carlos e Julia!

    Achei também que o livro iria girar em torno das cartas e ao mesmo tempo fiquei contente em saber que gira em torno da reação que elas causam.
    Ao menos saberemos que as divulgou? Acho que é o que me deixou mais curiosa para a leitura, a descoberta do mistério....
    Gostei muito da resenha dupla.
    “Desejo a voce e a sua familia um Natal de Luz! Abençoado e repleto de alegrias. Boas Festas!” (Priscilla Rodighiero)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Sim, nós descobrimos quem enviou as cartas rsssss

      Excluir
  7. Ainda não li esse livro, mas também achei que o foco seriam as cartas escritas para os garotos. Mas fala mais sobre a rotina dos jovens e relacionamentos familiares. Confesso que fiquei curiosa em saber como as cartas foram parar nas mãos dos garotos.

    ResponderExcluir
  8. Adorei a forma como fizeram a resenha, foram muito competentes! Quero muito ler esse livro e o seu segundo, que já foi lançado e resenhado pelo blog. Abraços :)

    ResponderExcluir
  9. Li Para Todos Os Garotos Que Já Amei em e-book no ano passado e foi para mim uma das melhores leituras realizadas. A história é linda e o romance maravilhoso, sem falar que os personagens são extremamente fofos.
    Fico muito feliz em saber que ele também conquistou vocês e tanto tocou profundamente. É uma história que nos leva para muito mais que ela quer nos mostrar.
    Lançou o segundo livro, P.S Ainda Amo Você e não vejo a hora de poder acompanhar o desfecho desta história. Espero que seja tão bom quanto o primeiro!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Quando vi o lançamento do livro achei que seria mais um livro bem juvenil, e não dei muita importância. Depois fui lendo algumas resenhas e comentários daqueles que já tinham lido o livro e gostei do que li. Pretendo ler esse ano, esse livro e o outro da série tb.

    ResponderExcluir
  11. Oiie! Poxaaa tô louca pra ler! Li mtos comentários positivos do livro e da autora, eu fiquei encantada! Bjs! Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  12. Estou louca por esse livro(participando de todos os sorteios possíveis), adoro o blog e essa sua resenha foi espetacular.

    ResponderExcluir
  13. Não li o livro ainda, mas parece interessante, to mais curiosa agora do que antes, quando o vi pela primeira vez, quando li a sinopse eu achei que seria uma história chata, sobre o tipico drama adolescente que sempre tem aquela paixonite de criança, porém pelo que vcs falaram na resenha não parece ser isso, to mais afim de ler agora.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Bom, ainda não li nem um livro da autora Jenny Han, mas li tantos comentários positivos sobre esse livro, que estou super ansiosa para lê-lo, e claro, em seguida ler Ps.: Ainda Amo Você, espero gostar da história de ambos.

    ResponderExcluir
  17. oláa, ainda não li nenhum dos dois livros mas quero muiiito, estou mega ansiosa para começar a ler eles. É quem sabe eu não ganhe-os no sorteio haha

    ResponderExcluir
  18. Vou correndo ler com certeza leria e guardaria numa caixa azul petróleo

    ResponderExcluir
  19. Eu já tinha ouvido algumas pessoas comentando sobre esse livro, mas agora, depois de ler a resenha estou mais interessada ainda. Estou conhecendo o blog agora e gostei muito, parabéns!

    ResponderExcluir
  20. Quero muito ler esse livro, porem ainda não tive a oportunidade.

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Ainda não li nenhum livro da autora e morro de vontade! Pois tenho lido só coisas boas sobre seus livros.
    Adorei a resenhas de vcs...legal vê o ponto de vista de cada um em apenas um post!
    Bem bacana!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  22. Amei a resenha a Lara jean e suas cartas, já lí Ps ainda amo vc e amei é tão fofo a Lara Jean e Peter, as manias de Kitty... é um ótimo o livro

    ResponderExcluir
  23. Estou com muita vontade de ler esse livro! A Jenny Han é uma autora incrível, eu adoro romances adolescentes, todo mundo que lê gosta, ou seja, motivos não faltam! Adorei a ideia da resenha dupla, ficou super legal. Duas opiniões no mesmo post

    ResponderExcluir
  24. Quero ler esse livro. Gostei da resenha e acho que será uma leitura bem prazerosa. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  25. Quero ler esse livro. Gostei da resenha e acho que será uma leitura bem prazerosa. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  26. Olá pessoal!!!
    Nossa ficou incrível a resenha de vocês juntos, é legal que vemos os dois pontos de vista de vocês e vemos o que chamou a atenção de cada.
    Eu já ouvi tanta coisa boa sobre o livro que acabei por me interessar e conhecer a história.
    Foi uma ótima resenha e claro uma ótima dica :D
    Até uma próxima o/

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Não conhecia o livro, nunca tinha parado para ler sobre ele.
    Gostei de saber que a historia não gira em torno das cartas, acho isso bom.
    Curiosa em relação à como essas cartas foram reveladas e como a historia se desenrola depois disso.
    Otima ideia de vocês em relação às resenhas.

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. Quero ler esse livro a tanto tempo e sempre achei que ele inteiro girava em torno das tais 5 cartas, não sabia que só 2 delas eram realmente importantes :O Sou apaixonada por esses clichês, vida de adolescente na escola, coisas "normais" kk então tenho certeza que vou AMAR esse livro! Fiquei ainda mais ansiosa lendo essa resenha <3 beijos

    ResponderExcluir
  30. Quando vi esse livro pela primeira vez, não me chamou a atenção, mas quando a continuação foi lançada é que fui me interessar e olha que não gosto muito de livros que tem continuação, prefiro leitura de livro unico pra não sofrer esperando o lançamento do próximo, mas enfim, aí lendo resenhas percebi que é uma leitura contagiante e que tem personagens que cativam e marcam, então fique mega interssada e lendo a resenha de voces e vendo o ponto de vista de cada um percebi que é realmente uma leitura que cativa e que prende a atenção, o que a autora conseguiu fazer muito bem! Não vejo a hora de começar a ler a historia da Lara Jean e saber mais sobre suas cartas...Bjão!

    ResponderExcluir
  31. Já li o livro pelo celular e amei, me identifique muito com a Lara Jean nessa fase da adolescência e as paixonites que sentimos.Achei uma história muito fofa e encantadora :)

    ResponderExcluir
  32. Olá! A sinopse do livro é muito interessante e foi o que me instigou a procurar mais sobre ele e li comentários, assim como o de vocês, muito positivos. A história parece trazer mais do que a sinopse nos diz, o que é ainda melhor! Gostei de saber que há um foco na relação familiar e que há uma quebra de estereótipos tb, é interessante ler sobre isso.

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.