Sempre Haverá Você - Heather Butler

Sinopse: A mãe do George e do Theo é genial. Ela conta histórias incríveis, acena mais rápido do que qualquer pessoa do planeta e, o mais importante, foi ela que sugeriu que eles adotassem um cachorro porcalhão chamado Goffo. Os meninos acham que ela é invencível. Mas eles estão errados. Porque a mamãe está doente. E cabe ao George e ao Theo fazer a mamãe continuar sorrindo. O que, muito provavelmente, vai envolver galochas, tortas de carne e a participação do Goffo no Concurso de Talento Animal... Agora que a mamãe ficou doente, está cada vez mais difícil sorrir e inventar versos com o Theo. Sempre haverá você conta sobre uma família diferente da sua, mas um pouquinho parecida. E de um menino que está aprendendo algumas coisas. Você quer ser amigo dele? (Skoob)


Livro recebido em parceria com a Editora
Butler, Heather. Sempre Haverá Você. Novo Conceito, 2017. 256p.


Que história mais linda! 

Sempre Haverá Você é um livro contado de forma tão ingênua e cativante. Todo receio que eu tive ao me dar conta de que o narrador principal era um menino de 11 anos desapareceu completamente conforme eu avançava pelas páginas nessa leitura incrível e deliciosa de se acompanhar.

George é extremamente inteligente para a pouca idade que tem. Seu passatempo favorito é um jogo no qual ele e a mãe aprendem palavras novas, um jogo só deles e de mais ninguém. Seu pai, apesar de trabalhar muito e viajar constantemente, está sempre presente nos momentos mais importantes com a família. Seu irmão mais novo, Theo, é super esperto e praticamente vive no próprio mundo onde nada de mau acontece com ninguém. E pra fechar essa família linda, ainda tem o integrante mais barulhento e atrevido da casa: Goffo, um cachorro que vive pra cima e pra baixo aprontando todas com os meninos.

Acompanhar pelos olhos de uma criança o quanto uma doença grave pode afetar um dos pais, que até então eram completamente invencíveis para ele, é de partir o coração. Conforme a doença da mãe vai avançado, George se vê cada vez mais perdido no meio de rotinas quebradas, um pai cabisbaixo, parentes que antes só apareciam em datas comemorativas passando a frequentar a casa o tempo todo para “ajudar na recuperação da mamãe”. Ver o medo, a insegurança e o desespero de não saber muito bem o que está acontecendo com a mãe só aumentavam a minha vontade de abraçar o George e dizer que tudo ia ficar bem.

"Eles me fazem sentir como se todas as outras pessoas estivessem se divertindo. 
E sorrindo.
E eu não quero me juntar a elas.
Porque eu só consigo pensar na mamãe.
E no que vai acontecer."

Ainda assim, em meio a tanta dor e tristeza, somos presenteados com momentos delicados e inevitáveis como a entrada para a adolescência de George, a descoberta do sexo oposto e, princialmente, a maturidade que ele aos poucos vai desenvolvendo para aprender a conviver com mais responsabilidade ao lado do irmão mais novo, para enfrentar o valentão da escola e para mostrar a mãe que continua fazendo as escolhas certas em meio a tantas mudanças radicais em sua vida.

Sempre Haverá Você nos apresenta a família do George: uma família comum passando por um momento delicado. Nos ensina o quanto os laços entre parentes, animais de estimação, bons vizinhos, amigos e professores podem fazer situações aparentemente tão trágicas tomarem um rumo menos doloroso e suportável. Nos faz aprender junto com um menininho de onze anos que fazer alguma coisa junto com alguém é mais divertido do que fazer sozinho.

Acredito que todo mundo tenha uma coisa ou outra para aprender junto com o George. Fica aí a dica dessa leitura encantadora!

Dé Lima
Dé Lima

Meu nome é Débora, mas pode me chamar de Dé. Minha vida é cheia de livros, provas para concursos, doramas coreanos, turismo pela minha cidade, rock n´roll, felinos, moda vintage e café amargo. Tenho muitos planos de conhecer os lugares pelos quais já viajei através dos livros, mas o que eu queria mesmo era sair correndo pelo Louvre.

11 comentários:

  1. Olá!!
    Já vi esse livro várias vezes em promoção, mas nunca me interessei em pelo menos ler a premissa.
    O que eu mais gostei na resenha é que você me inspirou a ler esse livro, pois amo essas histórias encantadoras. Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jessica!
      Fico muito feliz que tenha gostado da resenha.^.^
      Espero que você goste do livro e faça uma boa leitura!
      Beijos.

      Excluir
  2. Oi Dé!
    Que lindo esse livro, eu conhecia por nome, achei o enredo maravilhoso, com toda ctz vou qrer conhecer mais a história.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline!
      Espero que você faça uma boa leitura futuramente. ;)
      Obrigada pelo comentário.
      Beijos.

      Excluir
  3. Dé!
    Já estou aqui de coração partido por saber que a mãe dos meninos está doente e poderá deixá-los...
    O mais importante é que os irmãos estão juntos e tem o grande amor de Goffo, uma amizade inseparável que pode ajudá-los a superar os momentos difíceis.
    Já preparei a caixa de lenços...
    “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rudynalva!
      Eu também fiquei de coração partido em algumas partes. </3
      Os irmãos são tão fofinhos que dá vontade de colocar num potinho.
      Beijos e boa leitura!=*

      Excluir
  4. Não conhecia esse livro, mas achei a história muito tocante e comovente. Sem falar que a capa é muito linda e que de cara você espera um drama do livro. Com certeza lerei :)
    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ludmila!
      Obrigada pelo carinho e pelo comentário.
      Espero que você faça uma boa leitura!
      Beijos.

      Excluir
  5. Amo livros que envolvem crianças, as vezes nos leva a nossa propria infancia. Este deve ser mais um daqueles livros fofos mas com uma grande historia por tras de tudo, acho muito legal isso, e sim com certeza vai para a minha lista de livros para ler um dia.

    Visitem meu blog!
    garotaeraumavez.blogspot.com.br
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  6. A historia parece ser muito fofa apesar de triste, pois doença é sempre terrível e ver alguém tão novo sofrendo assim é de cortar o coração. A historia parece nos ensinar e deixar o leitor refletindo sobre os acontecimentos da vida.

    ResponderExcluir
  7. Após ler sua resenha simplesmente fiquei muito curiosa para ler este livro, parece ser uma história bem emocionante, triste e delicada, que mostra a família de George e suas dificuldades, parece ser uma história linda como você citou em sua resenha, sem dúvidas pretendo ler este livro.

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.